Exoss firma colaboração de dados com a rede CAMS da Nasa

O projeto Exoss firmou uma colaboração de dados com a rede CAMS da Nasa. Esta parceria visa formar um banco mundial de dados de meteoros, fornecendo dados para estudos e pesquisas.

Um novo portal de consultas das recentes detecções de meteoros foi elaborado e os dados entrarão gradualmente nos próximos meses. Até o momento, já é possível ver as detecções de meteoros da noite passada pelas redes LOCAMS e Florida e os mais recentes dados reduzidos da rede BeNeLux por Martin Breukers e Carl Johannink. Basta acessar http://cams.seti.org/FDL/ e escolher a data a partir da janela “Escolher uma data”. 

PORTAL GLOBAL METEOR SHOWER ACTIVITY

Esta nova ferramenta web é parte de um esforço do Nasa Frontier Development Lab 2017 , um programa de aceleração de pesquisa da NASA no Instituto SETI, liderado por James Parr e Bill Diamond e apoiado pela NVidia e pela IBM, entre outros, que se propôs a usar técnicas de inteligência artificial para automatizar o fluxo e e redução de dados CAMS.

Nasa FDL Team – Cometas de longo periodo

Durante o FDL, Susana Zoghbi, Antonio Ordonez, Marcelo de Cicco e  Andres Plata Stapper desenvolveram ferramentas de machine learning e de deep learning para discriminar meteoros de outras detecções que será usado para melhorar futuras versões dos programas de Confirmação e Coincidência.

CAMS NA EXOSS

Também desde agosto de 2017, a Exoss passou a integrar não somente o banco de dados na CAMS como também ativou a primeira estação CAMS no Brasil, que está em testes, e de forma inovadora utilizando um setup de baixo custo e alcançando bons resultados nas capturas e análises.

O coordenador de suporte da rede, Eduardo Placido Santiago é o responsável pela operação da estação CAMS, e em breve publicaremos os resultados já consolidados.

Com informações da CAMS.

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Qual sua opinião sobre este post? Deixe seu comentário.