Belos registros de meteoros nesta noite

A noite começou agitada nas estações da EXOSS, que registraram bólidos (fireballs) ainda no início da noite de quarta-Feira dia 10/06/2015.

A estação SJU1/RJ do associado Marcelo Mozer fez um registro de um bólido cruzando o céu da região do Rio de Janeiro durante a noite do dia 10/06 às 19:43 minutos (horário de Brasília).

foto 01
Bólido registrado no Rio de Janeiro; não há relatos visuais até o momento do evento

foto 02
Estação móvel em fase de testes no Rio de Janeiro SJU2/RJ; câmera secundária visa ampliar a cobertura na região

Já a estação MCZ/SP instalada em Mogi das Cruzes do associado Marco Mastria também registrou um Fireball na madrugada do dia 11/06.

foto 03
Bólido registrado pela estação de Mogi das Cruzes/SP

Já no Espírito Santo, na estação VIX2 da associada Luciana Fontes foram registrados diversos meteoros durante toda a noite podendo ser visível seus radiantes nesta composição.

foto 04
Composição de imagens de diversos meteoros registrados sobre o céu do Espírito Santo

Também no início da noite do dia 10/06 um Fireball foi registrado pelas estações SPS/SP de Suzane Cristine e EPS/SP de Eduardo Santiago, instaladas em São José dos Campos e São Sebastião ambas no estado de São Paulo. Neste evento em especial foi possível traçar uma triangulação com precisão.

foto 05
Bólido registrado em São José dos Campos/SP
foto 06
Mesmo bólido também registrado pela câmera instalada em São Sebastião/SP

Com este registro foi possível a EXOSS realizar a triangulação e cálculo da órbita deste meteoro.

foto 07
Triangulação realizada por duas estações EXOSS
foto 08
Registro de toda a trajetória (em azul) realizado pela estação EPS/SP (ponto inicial e final em branco) a esquerda dados de altitude e velocidade registrados pela câmera
foto 09
Registro parcial da trajetória (em azul) realizado pela estação SPS/SP (ponto inicial e final em branco) a esquerda dados de altitude e velocidade registrados pela câmera

Com a unificação dos dados registrados pelas duas estações foi possível identificar que o meteoro pertence a uma classificação esporádica não pertencente a um radiante de chuva de meteoros específico, sendo a sua velocidade observada média de 13,8 km/s, seu ângulo de entrada na atmosfera terrestre foi de 37,2º com magnitude média de -1.6; tal meteoro entrou na atmosfera a uma altitude de 92.5km e se apagou a 67.2km do solo; não houve queda neste evento. Sua distância percorrida foi de 41.6km em 2,9 segundos.

Cabe destacar que este meteoro é originário da região conhecida como CINTURÃO DE ASTEROIDES; uma região entre Marte e Júpiter que “abriga” materiais remanescentes da formação do sistema solar; devido a força gravitacional exercida por Júpiter nessa região esses materiais que orbitam este ponto específico do sistema solar não conseguem se aglomerar para a formação de um planeta esta é uma zona muito instável para isso; constantemente estão se colidindo ocasionando o escape constante de material para uma órbita interior do sistema solar e que neste caso terminou com sua desintegração em nossa atmosfera. Nas órbitas calculadas pela EXOSS é possível observar seus elementos orbitais que coincidem exatamente com os objetos provenientes dessa região do sistema solar rica em “preservar nossa história”; seu plano orbital é similar ao dos planetas mais próximos ao sol.

foto 10
Órbita do meteoro registrado e triangulado pelas câmeras da EXOSS
foto 11
Destaque para a órbita do meteoro registrado
foto 12
Plano orbital do cinturão de asteroides similar ao dos planetas
foto 13
Formação do Sistema Solar em destaque a região entre Marte e Júpiter conhecida como CINTURÃO DE ASTEROIDES
foto 14
Concepção artística de um cinturão de asteroides e sua órbita ao redor de uma estrela

Você presenciou alguns destes meteoros? Então conte-nos como foi, acessando nossa página institucional e deixe sua mensagem.

Acesse nosso site exoss.org para saber mais sobre o nosso trabalho. Acompanhe ao vivo os registros realizados por nossas câmeras, clicando aqui.

Dia 15 de Junho a EXOSS publicará seu primeiro relatório de atividades referente ao mês de maio de 2015; para ter acesso exclusivo ao relatório completo envie um e-mail para exoss@exoss.org e deixe sua solicitação para download, ou acompanhe em nosso site o resumo de nossas atividades.

Edição: Eduardo P. Santiago

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Gostou deste post? Ficaremos felizes com seu comentário