Um meteoro pode criar um som?

Um fireball pode criar um som? O som ocorrerá imediatamente, enquanto se observa o fireball, ou há algum atraso?

130503105033_1_900x600

Há dois tipos de sons relatados gerados por fireballs muito brilhantes, e ambos são muito raros. Há os estrondos sônicos e sons eletrofônicos.

Se um fireball muito brilhante, geralmente maior que magnitude -8, penetra na estratosfera com uma altitude abaixo de cerca de 50 km (30 milhas) e explode como um bólido, há uma chance de que estrondos sônicos sejam ouvidos no solo. Isto é mais provável se o bólido ocorrer em um ângulo de altura de cerca de 45 graus para o observador e, é menos provável se o bólido ocorrer no alto (embora ainda possível) ou próximo do horizonte. Visto que o som viaja bastante lentamente, a apenas cerca de 20 km por minuto, geralmente depois de 1,5 a 4 minutos da explosão visual que algum estrondo sônico pode ser ouvido. Os observadores que testemunham esses eventos espetaculares são incentivados a ficar atentos por 5 minutos depois do fireball para ouvir estrondos sônicos potenciais.

radio_meteor

Uma outra forma de som frequentemente relatada com fireballs brilhantes é o som “eletrofônico”, que ocorre coincidentemente com o fireball visível. Os sons relatados variam de sibilo estático, chiado e estalos. A testemunha desses sons é frequentemente localizada perto de algum objeto de metal quando ocorre o fireball. Adicionalmente, aqueles com uma grande quantidade de cabelo parecem ter uma chance maior de ouvir esses sons. Sons eletrofônicos nunca foram validados cientificamente, e a origem deles é desconhecida. Atualmente, a teoria mais popular é a emissão potencial de ondas de rádio VLF pelo fireball, embora isto ainda precise ser verificado.

Vi um meteoro muito brilhante. Alguém mais viu? Para quem devo comunicar isso?

A International Meteor Organization coleta relatos de fireballs do mundo todo para serem utilizados por nós e outras organizações. Aqueles que viram um meteoro brilhante são incentivados a nos comunicar. Se múltiplos avistamentos de um único evento puderem ser agrupados, às vezes é possível determinar a trajetória verdadeira do objeto em questão.

Se por acaso ver um desses momentos memoráveis, pedimos que relate-o para a International Meteor Organization, lembrando do maior número de detalhes possível. Isso inclui brilho, comprimento no céu, cor e duração. É muito útil que o observador note mentalmente o ponto de início e término do fireball (bola de fogo) em relação à constelação de fundo, ou a direção da bússola e a elevação angular acima do horizonte.

Saiba mais sobre a terminologia dos meteoros.

Fonte: AMS American Meteor Society
Tradução: Natan Contão

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Gostou deste post? Ficaremos felizes com seu comentário