Otimização de área de cobertura das estações aumenta triangulações

Estações EXOSS realizam diversas triangulações com a otimização da área de cobertura. Projeto de adicionar e otimizar câmeras em sua fase inicial já apresentam os primeiros resultados.

GMAPDurante a passagem dos dias 20 e 21 de julho entrou em funcionamento a primeira etapa do projeto EXOSS de duplicação de câmeras e refinamento dos apontamentos. Esta medida é importante pois visa a obtenção de órbitas refinadas através de múltiplas triangulações envolvendo 3 ou mais câmeras. O objetivo da rede é alcançar o máximo de precisão em seus dados e com isso compor uma base de dados sólida e precisa no país.

É comum o pareamento duplo de estações e câmeras onde duas estações realizam a cobertura da mesma área celeste; a aplicação de trigonometria em um determinado registro/evento pode conferir ou não precisão dos dados, isso depende de uma série de fatores e não somente o mero apontamento de câmeras.

GMAP2
Acima projeção em modo colorido e monocromático da densidade de câmeras que participaram de múltiplas triangulações entre os dias 20 e 21 de julho

Visando contornar fatores que impeçam a obtenção de bons resultados a EXOSS vem planejando o remanejamento de suas câmeras e a adoção de estações com múltiplas câmeras, através desta medida utilizamos uma infraestrutura já em operação e um associado já capacitado para aumentar sua densidade sobre uma região e com isso obter múltiplas triangulações quando 3 ou mais estações/câmeras registram o mesmo evento. Quanto maior a densidade e câmeras cobrindo uma mesma área celeste maior será a qualidade dos dados.

all
Imagem com as 5 triangulações envolvendo 4 estações nos estados do Rio de Janeiro (Estações SJU2 e PET1) e São Paulo (Estações SPS1 e EPS1)

Tal medida está sendo adotada em etapas pois há fatores geográficos, físicos e estruturais que demandam planejamento para a realização dos apontamentos, como por exemplo, obstrução de uma área celeste por determinada câmera por conta de edificações, morros, aeroportos, poluição luminosa, árvore etc.

E em sua primeira noite de céu limpo sobre 4 estações participantes da ação de melhoria a EXOSS obteve 5 triangulações triplas, o que irá conferir ótima precisão nos dados e confirma a eficácia da ação a ser praticada nos próximos meses.

A Exoss está em processo de ativação de novas estações nos próximos 2 meses nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina.

Você viu alguns destes meteoros? Conte-nos como foi.

Quer visualizar as imagens registradas em tempo real? Acesse http://live.exoss.org/ e veja as capturas que estão ocorrendo em tempo real bem como câmeras ao vivo realizando stream.

Se interessou pelo nosso trabalho? Veja como iniciar uma estação de registros e estudos de meteoros da EXOSS.

Edição: Eduardo P. Santiago

Fotos: Live.exoss.org e Ufoanalyzer

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Gostou deste post? Ficaremos felizes com seu comentário