Estação Exoss registra reentrada de satélite Starlink 32

Na noite de 11 de setembro de 2020, a estação de monitoramento de meteoros da Exoss na cidade de Novais-SP, do associado Douglas Montorini, conseguiu registrar a reentrada do satélite Starlink-32.

A reentrada estava prevista de acordo com os dados orbitais, para acontecer sobre o Brasil ou oceano Atlântico, conforme publicação do especialista Joseph Remis.

SOBRE O STARLINK 32

O Starlink-32 foi lançado em 24 de maio de 2019 no primeiro lançamento da missão.  O lançamento foi a carga útil mais pesada que o foguete Falcon 9 levou. Foi lançado da plataforma da empresa em Cabo Canaveral, Flórida. Cerca de uma hora após a decolagem, a SpaceX implantou os 60 satélites Starlink em uma “órbita terrestre muito baixa” de 440 quilômetros acima da superfície.

Descrição do Objeto
Tipo de reentrada
Carga útil
Designação Internacional 2019-029V
Número NORAD
44254
Lançado 24 de maio de 2019 às 02:30 UTC
Site de lançamento
Missão Starlink Launch 1

Entretanto este não é o primeiro Starlink a apresentar problemas e ser manobrado para reentrada. Outros objetos de outras missões posteriores também já foram descartados da missão e destruídos completamente após a reentrada na atmosfera, sem causar danos ou perigo.

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *