Como esta foto foi feita e como fazer uma também!

A história da foto

Esta foto foi tirada no Observatório Municipal de Campinas no dia 26 de Junho de 2016

A descrição a seguir é do astrofógrafo Leo Froes, que fez o registro e também as dicas dele para você também fotografar.

“A fase da lua contribuía e o clima também. Cheguei ao Observatório sem qualquer pretensão, simplesmente iria tirar algumas fotos da via láctea como sempre faço. Naquele dia posicionei o tripé em um local diferente, eu iria tirar algumas fotos de teste para ver o enquadramento, pois queria pegar a cúpula de fundo. Apertei o disparador da câmera e fiquei observando o cenário, mal pude acreditar quando vi aquele belo meteoro verde passando bem na minha frente, no primeiro clique da noite!”

Como fotografar um meteoro?

Essa é uma tarefa, não diria difícil, mas sim de sorte.

Para fotografar um meteoro basta você saber fotografar o céu noturno (Astrofotografia) e também estar no lugar certo, com os equipamentos certos (e configurados), apontando para a direção certa e no momento da passagem do meteoro o obturador tem que estar aberto. Não se assuste tudo isso é fácil de aprender, mas nunca sabemos se vai passar um meteoro e onde passará, por isso é necessário paciência.

Sempre que saio para uma noite de Astrofotografias levo comigo:

1. Mochila fotográfica contendo:
1.1 Câmera
1.2 Lentes (14mm, 24mm e 50mm)
1.3 Baterias extras para Câmera
1.4 Kit Limpeza de lentes
1.5 Lanternas de mão de cabeça (comum e vermelha)
1.6 Laser verde
1.7 Planisfério
1.8 Celular com aplicativos de apontar para o céu
1.9 Tripé
1.10 Binóculo
2. Cadeira reclinável

Importante: antes de sair de casa verifique se não está faltando nada, eu mesmo já cheguei ao local apropriado para fotografar e só então percebi que faltava algo como: cartão de memória, baterias, e até tripé. Pesquise também a previsão do tempo para não perder viagem.

Procure um local apropriado, escuro e seguro. Observatórios são locais ideais, pelo menos para começar. Ao chegar no local, utilize lanterna fraca e preferencialmente vermelha, sempre apontando para baixo para não atrapalhar as outras pessoas. Procure um canto legal para ficar e monte o seu equipamento.

Finalmente, com tudo montado, câmera no tripé, como configurar a câmera para tirar boas fotos? Existem diversos tutoriais na Internet, vídeos explicativos, além de revistas e artigos.

Leia também: 22 dicas de como fotografar meteoros com uma câmera fotográfica DSLR

Vou falar o jeito que funciona para mim, faça seus ajustes conforme os resultados forem aparecendo.

Primeiro você precisa de uma câmera com ajustes manuais, que seja possível alterar a velocidade do obturador, abertura do diafragma e o valor do ISO. Esses três ajustes são os principais para Astrofotografia, vou explicar brevemente cada um.

Ajustes do equipamento

Velocidade do Obturador: Existe um cálculo que se chama “regra dos 500”, inclusive você pode achar aplicativos para celular que faz o cálculo para você. Mas é simples, basta você dividir o número 500 pela distância focal da sua lente, por exemplo, uma lente 24mm: 500/24: 20,83, ou seja, utilizando uma lente de 24mm você pode deixar o obturador da sua câmera aberto por até 20 segundos sem que haja arrasto de estrelas.

Abertura do Diafragma (F): Quanto maior a abertura (menor o valor F) mais luz a sua câmera vai enxergar, lentes com F/2.8 são bastante utilizadas, eu utilizo aberturas até F/4 para fotografias de campo aberto.

ISO: Quanto mais você aumenta o ISO maior a sensibilidade do sensor da câmera à luz, mais clara a foto fica. O ISO deve ser testado pelo fotógrafo de acordo com a iluminação do local, se o lugar que você está fotografando tiver muita luz artificial o ISO alto pode arruinar a sua foto. Faça testes com o ISO, comece em 800, suba para 1600, suba para 3200, veja a diferença e utilize a que mais agradou. Note também que o ISO alto gera ruído na imagem.

Outro ponto importante é fazer um bom foco, se as estrelas não estiverem bem focadas elas se tornarão borrões! Para Astrofotografia deve-se utilizar foco manual.

Para focar uma estrela, coloque a sua câmera em modo live view, dê o zoom digital ao máximo e aponte uma estrela, ajuste o foco manualmente e está feito. Parece simples, mas na verdade o foco é chato e difícil no começo. Repare que o foco correto estará sempre próximo à marcação do foco no infinito na câmera, um pouco para menos, pelo menos com a minha lente.

Importante: Não utilize flash, você não vai capturar nada além da pessoa aborrecida por causa da luz próxima a você.

Com tudo pronto e configurado (a leitura pode ser longa, mas depois que você pegar o jeito você ajusta tudo isso em 2 minutos) faça algumas fotos de teste e ajuste o que for necessário. Depois disso é só curtir, quem sabe você não flagra um meteoro?

Astrofotografia de campo aberto (lentes de 14mm a 24mm) fica ainda mais bonita com um cenário terrestre legal, então tente encontrar um enquadramento bom!

Suas chances de capturar um meteoro são maiores quando tem uma chuva de meteoros acontecendo, para isso veja o calendário da EXOSS.

Texto e imagem: Leo Froes

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Agora você! Deixe um comentário sobre este post.

%d blogueiros gostam disto: