Como é o cotidiano de uma estação de monitoramento de meteoros?

Nossas estações registram somente meteoros?

Não! Muita coisa acontece na calada da noite! Veja como exemplo os registros da estação RJK1, do associado Leonardo Satller Cassara do Rio de Janeiro.

No vídeo editado acima, o Leonardo separou diversos exemplos de capturas que as câmeras registram durante o período de atividade, dentre elas:

Meteoros: 0:27
Pipas: 3:05
Fogos de artifício: 3:20
Animais: 3:45
Tempestades: 4:26
Sprite: 5:44

É importante salientar que, o objetivo principal do projeto Exoss, é o estudo de meteoros. Para atingir este objetivo, diariamente cada associado executa uma rotina de limpeza das capturas em sua estação.

E como é feito isso? É automático?

Não! Este procedimento requer treinamento e análise cuidadosa das capturas, para separar o “joio do trigo”, ou seja, separar e analisar todos os registros que são meteoros, e os demais que não são escopo do estudo, são deletados, com exceção dos sprites que também são armazenados separadamente, pois temos uma galeria pública dos registros no site live.exoss.org aba SPRITES/TLE.

Leia também: Você sabe como é feito o estudo de meteoros?

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Gostou deste post? Ficaremos felizes com seu comentário