Chuva de meteoros Eta Aquarídeos

Chegamos ao período de umas das chuvas de meteoros mais intensas do ano. A Exoss fará uma transmissão ao vivo no dia 04 de maio às 21hs. Inscreva-se no canal para participar.

HISTÓRICO

Tal qual as Lirídas, a Eta-Aquáridas é uma chuva que tem seus registros bem antigos, remontando ao séc. VIII, na China, e na Europa observações nos períodos de 1860 a 1870. O corpo celeste que lhe dá origem é o cometa Halley (período de 76 anos), e a atual chuva que observamos da Terra, possivelmente, é devido a passagem deste cometa no séc. XV.

Leia também: Porque você não viu a “chuva” de meteoros anunciada?

eta aquarideos

Um meteoro com trilho longo, da Eta-aquarideas, capturado em  06 de maio de 2013, o fundo do céu ao horizonte é iluminado pela aurora boreal do Hemisfério Norte

OBSERVAÇÃO

Os habitantes do Hemisfério Sul são os mais privilegiados, já que o radiante da chuva encontra –se em declinações austrais. Seus meteoros são rápidos e brilhantes, por vezes deixando trilhos persistentes. Essa chuva possui o caráter peculiar de apresentar submáximos, em torno do dia 05/05.

Nos últimos 10 anos tem -se observado a taxa média de 30 meteoros por hora, entre os dias 03 e 10/05. Neste ano, estudos apontam ainda uma baixa atividade. Na data de 06 de maio será a noite ideal para observar esta chuva, sem a lua para incomodar a visão de um fundo de céu escuro. Recomendamos observar o chuveiro poucas horas antes do amanhecer. Durante as noites da semana centrada no pico máximo. Não produz muitos bólidos.

13091547_994450013972589_801840950_o

  • Período: 19 – 28/05
  • Máximo : dia 05/05
  • Taxa horária (THZ): 40 meteoros

Edição: Marcelo De Cicco

Imagens: Diego di Bastiani

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Gostou deste post? Ficaremos felizes com seu comentário