Associados da Exoss em Santa Catarina apresentam trabalho em Simpósio

versão-final-baixa 2
www.scastro.pe.hu

Aconteceu nos dias 22 e 23 de julho o V Simpósio Catarinense de Astronomia em Chapecó, promovidos pela Associação Apontador de Estrelas e UDESC Oeste.

O evento tem como objetivo principal integrar e aproximar apaixonados pela astronomia em Santa Catarina, sejam entusiastas, astrônomos amadores e profissionais, proporcionando momentos para divulgação de atividades de observação, ensino e pesquisas desenvolvidas em cada região do estado.

IMG_4181 IMG_4215

Durante o Simpósio, os Associados Diego de Bastiani e Robert Magno Siqueira apresentaram trabalho desenvolvido na Exoss, com título e resumo a seguir;

O PAREAMENTO DE ESTAÇÕES DE MONITORAMENTO DE METEOROS DO PROJETO EXOSS EM SANTA CATARINA

Duas estações de observação de meteoros, usando a técnica de vídeo monitoramento, através do uso de câmeras CFTV (Circuito Fechado de TV), integrantes do projeto Exoss: exoss.org, ambas localizadas no Estado de Santa Catarina, nas cidades de Nova Erechim e Chapecó, respectivamente, realizaram, em 2015 e 2016, registros em vídeo de passagens de meteoros queimando na atmosfera terrestre (……). Tais registros forneceram dados para cálculos astrométricos, como: (a) estimativa de velocidades, (b) angulos de entrada, (c) duração, (d) radiante, (e) classificação e (f) trajetória; possibilitando, também, em eventuais casos de pareamento, a obtenção de elementos orbitais referentes ao meteoro observado simultaneamente pelas duas estações . O pareamento de um meteoro, que é o registro simultâneo de um mesmo meteoro, por duas ou mais estações, permite cálculos mais exatos da sua trajetória, usando o efeito de paralaxe. Assim, apresentaremos resultados astrométricos dos pareamentos entre as duas estações de monitoramento de meteoros Exoss em Santa Catarina, a estação ENE/SC localizada em Nova Erechim e a estação RMP/SC em Chapecó. O trabalho completo pode ser acessado aqui:

20160721_192305

Ainda, o Associado Diego de Bastiani, apresentou pôster com o trabalho desenvolvido na estação EMC/SC – Exoss, a seguir título e resumo do trabalho:

A ESTAÇÃO DE MONITORAMENTO DE METEOROS DE CHAPECÓ – EMC/SC – DO PROJETO EXOSS: RESULTADOS INICIAIS

Em janeiro de 2015 entrou em atividade em Chapecó a estação de monitoramento de meteoros denominada de EMC/SC, associada desde maio de 2015 ao projeto de estudos de meteoros, conhecido como EXOSS. A partir de sua associação a EMC/SC – EXOSS registrou meteoros associados a diversos radiantes, como também meteoros classificados como esporádicos, que foram submetidos a análises astrométricas, utilizando a suite UFO (Sonotaco), permitindo a determinação de diversos parâmetros relacionados ao fenômeno, como exemplo: (a) magnitudes, (b) velocidades e (c) trajetórias. O modelo da câmera utilizada para observação é de circuito fechado de TV, apontada no azimute 101.9 graus, elevação 38.6 graus e campo angular: 59.1 graus. Pretende-se apresentar análise dos dados coletados pela estação, no ano de 2015 e o primeiro semestre de 2016, como também um comparativo de dados analisados em 2015 com dados de 2016. O trabalho completo pode ser acessado aqui:

Além dos dois trabalhos, os Associados destacaram diversas ações desenvolvidas pela Exoss.

PRÊMIO BRAZILÍCIO

Durante o período da tarde do dia 22, o associado Diego de Bastiani, recebeu o Prêmio Brazilício, em reconhecimento ao seu trabalho em ensino, pesquisa e divulgação da Astronomia no Estado de Santa Catarina.

 IMG_8173

José Brazilício de Souza foi um astrônomo que registrou observações visuais num período de 25 anos, entre o século XIX e XX, foi o compositor da melodia do Hino do Estado de Santa Catarina, entre outros.

IMG_4122v2

IMG_4144

O Prêmio Brazilício foi criado pelo Núcleo de Estudo e Observação Astronômica José Brazilício de Souza e foi dedicado aqueles que se empenham avidamente na divulgação, na observação ou no ensino de Astronomia em nosso Estado.

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *