Associados da Exoss em Santa Catarina apresentam trabalho em Simpósio

versão-final-baixa 2
www.scastro.pe.hu

Aconteceu nos dias 22 e 23 de julho o V Simpósio Catarinense de Astronomia em Chapecó, promovidos pela Associação Apontador de Estrelas e UDESC Oeste.

O evento tem como objetivo principal integrar e aproximar apaixonados pela astronomia em Santa Catarina, sejam entusiastas, astrônomos amadores e profissionais, proporcionando momentos para divulgação de atividades de observação, ensino e pesquisas desenvolvidas em cada região do estado.

IMG_4181 IMG_4215

Durante o Simpósio, os Associados Diego de Bastiani e Robert Magno Siqueira apresentaram trabalho desenvolvido na Exoss, com título e resumo a seguir;

O PAREAMENTO DE ESTAÇÕES DE MONITORAMENTO DE METEOROS DO PROJETO EXOSS EM SANTA CATARINA

Duas estações de observação de meteoros, usando a técnica de vídeo monitoramento, através do uso de câmeras CFTV (Circuito Fechado de TV), integrantes do projeto Exoss: exoss.org, ambas localizadas no Estado de Santa Catarina, nas cidades de Nova Erechim e Chapecó, respectivamente, realizaram, em 2015 e 2016, registros em vídeo de passagens de meteoros queimando na atmosfera terrestre (……). Tais registros forneceram dados para cálculos astrométricos, como: (a) estimativa de velocidades, (b) angulos de entrada, (c) duração, (d) radiante, (e) classificação e (f) trajetória; possibilitando, também, em eventuais casos de pareamento, a obtenção de elementos orbitais referentes ao meteoro observado simultaneamente pelas duas estações . O pareamento de um meteoro, que é o registro simultâneo de um mesmo meteoro, por duas ou mais estações, permite cálculos mais exatos da sua trajetória, usando o efeito de paralaxe. Assim, apresentaremos resultados astrométricos dos pareamentos entre as duas estações de monitoramento de meteoros Exoss em Santa Catarina, a estação ENE/SC localizada em Nova Erechim e a estação RMP/SC em Chapecó. O trabalho completo pode ser acessado aqui:

20160721_192305

Ainda, o Associado Diego de Bastiani, apresentou pôster com o trabalho desenvolvido na estação EMC/SC – Exoss, a seguir título e resumo do trabalho:

A ESTAÇÃO DE MONITORAMENTO DE METEOROS DE CHAPECÓ – EMC/SC – DO PROJETO EXOSS: RESULTADOS INICIAIS

Em janeiro de 2015 entrou em atividade em Chapecó a estação de monitoramento de meteoros denominada de EMC/SC, associada desde maio de 2015 ao projeto de estudos de meteoros, conhecido como EXOSS. A partir de sua associação a EMC/SC – EXOSS registrou meteoros associados a diversos radiantes, como também meteoros classificados como esporádicos, que foram submetidos a análises astrométricas, utilizando a suite UFO (Sonotaco), permitindo a determinação de diversos parâmetros relacionados ao fenômeno, como exemplo: (a) magnitudes, (b) velocidades e (c) trajetórias. O modelo da câmera utilizada para observação é de circuito fechado de TV, apontada no azimute 101.9 graus, elevação 38.6 graus e campo angular: 59.1 graus. Pretende-se apresentar análise dos dados coletados pela estação, no ano de 2015 e o primeiro semestre de 2016, como também um comparativo de dados analisados em 2015 com dados de 2016. O trabalho completo pode ser acessado aqui:

Além dos dois trabalhos, os Associados destacaram diversas ações desenvolvidas pela Exoss.

PRÊMIO BRAZILÍCIO

Durante o período da tarde do dia 22, o associado Diego de Bastiani, recebeu o Prêmio Brazilício, em reconhecimento ao seu trabalho em ensino, pesquisa e divulgação da Astronomia no Estado de Santa Catarina.

 IMG_8173

José Brazilício de Souza foi um astrônomo que registrou observações visuais num período de 25 anos, entre o século XIX e XX, foi o compositor da melodia do Hino do Estado de Santa Catarina, entre outros.

IMG_4122v2IMG_4144

O Prêmio Brazilício foi criado pelo Núcleo de Estudo e Observação Astronômica José Brazilício de Souza e foi dedicado aqueles que se empenham avidamente na divulgação, na observação ou no ensino de Astronomia em nosso Estado.

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Qual sua opinião sobre este post? Deixe seu comentário.