associação estelar

Expressão criada pelo astrônomo russo V. Ambarzumian para designar grupo de dezenas de estrelas jovens de características físicas análogas, de fraca densidade de distribuição no espaço e de origem comum, geralmente, mergulhadas na matéria interestelar da qual parecem ter surgido. Tais grupos, por serem pouco densos, devem ter uma vida relativamente curta, constituindo-se de estrelas muito jovens. Admite-se que todas as estrelas de uma associação provêm de uma concentração local de matéria interestelar. O diâmetro das associações são de 50 a 400 anos-luz.

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Gostou deste post? Ficaremos felizes com seu comentário